Text_2

Reforço policial vai garantir a segurança durante o Réveillon

Na continuidade das ações da operação “Boas Festas 2017”, a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) vai reforçar o efetivo operacional dos agentes na região metropolitana de Belém e no interior do Estado, em virtude do movimento de saída em direção às praias, por conta do Réveillon. O objetivo é garantir a tranquilidade tanto de quem vai permanecer na Grande Belém como de quem vai curtir as festas de fim de ano nas praias paraenses, bem como dos condutores nas estradas estaduais.

A operação “Boas Festas 2017” iniciou no dia 1° de dezembro e prosseguirá até 1° de janeiro de 2018. As forças de segurança irão atuar em localidades como os distritos de Outeiro, Icoaraci e Mosqueiro, na Ilha de Cotijuba, além cidades como Salinópolis, Santa Maria do Pará, Redenção, Altamira, Santarém, Marabá, Barcarena e Abaetetuba.

O titular da Segup, Jeannot Jansen, informa que apesar do deslocamento de agentes para o reforço do policiamento no interior do Estado, a Segup manterá as ações de prevenção e combate à criminalidade na capital paraense. “A atuação integrada dos órgãos de segurança tem o objetivo de reduzir os índices de criminalidade, com as operações ostensivas e, também prevenir as ocorrências mais comuns nessa época, por meio de ações preventivas, com a intensificação das abordagens individuais e veiculares – carros particulares, ônibus e motocicletas -, bem como a atuação estratégica com base em informações da Secretaria de Inteligência da Segup”, detalhou.

Será mantido o trabalho de combate aos crimes, por meio do cumprimento de mandados de prisão, ao tráfico de drogas e à exploração sexual infantil. Devido ao grande número de eventos festivos neste período, também estão programadas ações de fiscalização em bares e similares, além do patrulhamento ostensivo em logradouros públicos.

O apoio do contingente de segurança será garantido por meio da ação integrada das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe).

Efetivo/PM – A Polícia Militar do Pará e os demais órgãos mobilizarão, em caráter suplementar, quase 600 agentes de Segurança Pública e 100 viaturas na região metropolitana. No interior do Estado, o efetivo será reforçado com cerca de 1.200 agentes.

Segundo o coronel Hilton Benigno, comandante geral da Polícia Militar, a presença do efetivo nas ruas será mantida através da rondas a pé, com motos e viaturas. “O reforço do efetivo no interior é possível pois há o pagamento de horas extras e o remanejamento de agentes da rotina administrativa. Para quem for viajar e deixar a residência sem ocupantes, pedimos que solicitem ajuda de vizinhos ou parentes para manter o imóvel sob observação e, caso percebam alguma movimentação estranha, que avisem de imediato o proprietário ou responsável”.

Plantão – No decorrer da realização das ações da operação “Boas Festas” haverá reforço no atendimento da Seccional Urbana de São Brás e da Delegacia do Comércio. O trabalho suplementar do plantão será desenvolvido por escrivães, delegados e investigadores. “Mesmo com o deslocamento de efetivo, as seccionais e delegacias da capital terão reforço no atendimento, caso seja necessário o registro de algum tipo de ocorrência”, informou o delegado geral da Polícia Civil, Rilmar Firmino.

Socorrismo – O Corpo de Bombeiros atuarão nas ações de prevenção e combate a incêndios, de busca e salvamento, além de atendimento pré-hospitalar. Os militares reforçarão o trabalho preventivo nas praias e balneários, onde serão montados postos com a presença de socorristas e guarda-vidas. O efetivo auxiliar será destinado aos distritos de Mosqueiro, Outeiro e Cotijuba, e também aos municípios de Salinópolis (Atalaia, Farol Velho, Maçarico e Corvina), Algodoal, Marudá e Crispim. Nas estradas os bombeiros atuarão nos municípios de Santa Maria e Santa Luzia.

A operação Boas Festas mobilizará um efetivo de 183 militares. Os bombeiros atuarão também com serviços de prevenção contra incêndios, controle de pânico e atendimentos de urgência e emergência. Neste fim de ano, o Centro de Atividades Técnicas (CAT) do Corpo de Bombeiros do Pará fará vistorias técnicas nos centros comerciais da Grande Belém em conjunto com as Seções de Atividades Técnicas (SAT), que organizará as estatísticas das fiscalizações realizadas.

Do início do ano até o mês de dezembro, o Corpo de Bombeiros do Pará já atendeu mais de 45.379 ocorrências no estado, sendo 5.203 incêndios, 875 salvamentos, 27.459 ações de prevenção e atendimento pré-hospitalar. Os municípios de Belém, Ananindeua, Marabá, Salinópolis e Santarém foram os que mais registraram ocorrências. O CBMPA enfatiza que é necessário seguir as dicas de segurança para garantir tranquilidade e aproveitar as festividades com segurança.

Trânsito – O Departamento de Trânsito do Estado Pará (Detran) reforçará as ações de policiamento preventivo, ostensivo e a fiscalização de veículos e condutores na capital e interior do Estado. Agentes do órgão atuarão em 13 municípios (Salinópolis, Mosqueiro, Soure/Salvaterra, Bragança, Marapanim/Marudá, Conceição do Araguaia, Tucuruí, Barcarena, Outeiro, Marabá, Redenção, Itaituba e Castanhal). A todo, 200 agentes foram recrutados para atuar neste fim de ano, sendo 160 em ações de fiscalização e 40 de ações de educação para o trânsito, além de um suporte de 50 viaturas, num período total de oito dias.

O Detran prevê a fiscalização das leis de trânsito nas estradas estaduais com a realização de sub-operações, como as barreiras no acessos aos balneários mais concorridos. Os agentes de trânsito vão contar com etilômetros e com o apoio de viaturas operacionais, unidades móveis, motocicletas e quadriciclos (motopatrulhamento).

Documentos – O Detran adverte os condutores para que fiquem atentos às datas de validade dos documentos de habilitação (CNH) e do veículo (CRLV). Também é de vital importância inspecionar o veículo e os equipamentos de segurança antes de pegar a estrada, de forma a evitar transtornos durante a viagem.

Videomonitoramento – De acordo com o diretor do Ciop, coronel PM Heyder Calderaro Martins, todos os recursos do Centro – humanos, tecnológicos e logísticos – foram colocados a serviço da Segup para a Operação “Boas Festas 2017”, em apoio aos demais órgãos que compõem o sistema de segurança pública do Pará, principalmente na RMB. “O Ciop funciona 24 horas, tanto na recepção de chamadas pela central 190 quanto no monitoramento das câmeras instaladas em vias públicas, registrando ocorrências a partir de ambos os sistemas”, destaca.

O mesmo trabalho também será mantido no interior do Pará com 102 câmeras distribuídas nos municípios de Castanhal (20), Capanema (05), Santarém (17), Salinópolis (10) e Altamira (50), administradas pelos núcleos regionais, sob a supervisão do Ciop.

Presídios – Reunidos na “Operação Hermes”, que será realizada na BR-316, no trecho que compreende o Complexo Penitenciário de Santa Izabel (o maior do Estado, que custodia mais de 4.800 detentos), a Susipe, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Estadual e Polícia Rodoviária Federal farão a abordagem de veículos e revista de passageiros.

O objetivo é intensificar a fiscalização na rodovia, tanto na entrada quanto na saída de Belém, e coibir ações criminosas, como tentativas de resgate a presos. A operação iniciou no dia 22/12 e segue até janeiro, sem data definida para término.

Durante o período das festas de final de ano, a Susipe também conta com apoio de policiais da Companhia de Operações Especiais (COE) no Complexo de Santa Izabel para a realização de incursões nas vias próximas do Polo Penitenciário e na área de mata do entorno, durante o dia. Já durante a noite, o Batalhão de Choque da PM pernoitará em Santa Izabel, onde atuará em rondas permanentes no entorno do Complexo e reforçará a segurança do local, além de atender ocorrências no município. O CME também acompanhará a rotina diária da tranca e destranca das celas nos presídios dos Complexos de Santa Izabel e Marituba (que somam 12 centros de detenção, no total).

A Susipe conta, ainda, com apoio do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp). Um helicóptero fará o monitoramento aéreo diariamente nos Complexos Penitenciários de Santa Izabel e de Marituba. Durante o dia, a aeronave fará sobrevoos programados e ficará estacionada no heliponto do Centro de Recuperação Penitenciário Pará III (CRPP III). Nas Centrais de Triagem de Belém, policiais da ROTAM farão rondas ostensivas. Já nas unidades prisionais do interior do Estado, os plantões de trabalho seguem em escalas diferenciadas para reforçar a segurança e vigilância nos presídios durante o período.

CPC ‘Renato Chaves – O Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves” atuará no município de Salinópolis com equipes formadas por peritos criminais, médicos legistas, auxiliares técnicos de perícia e motoristas, que farão perícias de levantamento de local de crime, contra o patrimônio, veiculares, ambientais, de poluição sonora, dosagem alcoólica, constatação de drogas e exames de lesão.

Em Salinópolis há uma base fixa do CPC que garante atendimento imediato à população local e das cidades próximas. A base conta com laboratório, consultório e recepção.

Nos municípios de Paragominas, Bragança, Parauapebas, Altamira, Itaituba, Abaetetuba, Castanhal, Santarém, Marabá e Tucuruí, onde estão localizadas as unidades regionais e núcleos avançados do CPC, o atendimento permanecerá normal, com os serviços de remoção de cadáveres, levantamento de local de crime e exame de lesão corporal realizados por equipes formadas por médico legista e perito criminal. Já na sede, em Belém, que também manterá o funcionamento normal, haverá uma equipe com dois peritos criminais e dois médicos legistas para eventuais ocorrências.

Por Carla Moura
Foto: Rodolfo Oliveira – Agência Pará