Text_2

Inscrições abertas para a 16ª edição do Servifest

 As inscrições para o 16º Festival de música do Servidor Público do Estado (SERVIFEST) estão abertas. Iniciaram no dia 23/04 e se estendem até 25 de maio.

Diante da abrangência do evento na última edição, onde pela primeira vez os grandes vencedores foram servidores do interior do estado, a grande final será realizada em um município paraense ainda não definido. De acordo com a coordenadora de eventos da EGPA, Andréa Cavaléro, vários municípios estão enviando solicitações a coordenação do evento sinalizando como aptos a receber a Etapa Final. “Até a última semana de maio nós já teremos a definição do município que deverá sediar a Final da edição deste ano”, informou, acrescentando que esta etapa acontecerá em julho.

As inscrições podem ser feitas por três formas:

1- Presencial (na sede da EGPA: Av. Nazaré, 871 – entre Travessa Quintino Bocaiúva e Rua Joaquim Nabuco -bairro Nazaré. CEP. 66.035-145
2- Via Sedex (para a sede da EGPA);
3- Online, através do e-mail servfest.egpa@gmail.com

Serão realizadas três pré-seleções em Belém, na autarquia, por um júri formado por três personalidades ligadas ao meio artístico, indicadas pela Escola de Governança, que irão julgar e classificar quatro músicas de cada uma das três regiões do estado, sendo estas automaticamente classificadas para a Final.

1ª Região (Metropolitana de Belém, Nordeste e Sudeste): Abrange os municípios de Abaetetuba, Abel Figueiredo, Acará, Água Azul do Norte, Ananindeua, Aurora do Pará, Augusto Corrêa, Baião, Bannach, Barcarena, Belém, Benevides, Bom Jesus do Tocantins, Bonito, Bragança, Brejo Grande do Araguaia, Breu Branco,  Bujaru, Cachoeira do Piriá, Cametá, Canaã dos Carajás, Capanema, Capitão Poço, Castanhal, Colares, Conceição do Araguaia, Concórdia do Pará, Cumaru do Norte, Curionópolis, Curuçá, Dom Eliseu, Eldorado dos Carajás, Floresta do Araguaia, Garrafão do Norte, Goianésia do Pará, Igarapé-açú, Igarapé-Miri, Inhangapi, Ipixuna do Pará, Irituia, Maracanã, Marapanim, Marituba, Mocajuba, Moju, Nova Esperança do Piriá, Nova Ipixuna, Nova Timboteua, Novo Repartimento, Oeiras do Pará, Ourém, Ourilândia do Norte, Palestina do Pará, Paragominas, Parauapebas, Pau d’Arco, Peixe-Boi, Piçarra, Primavera, Quatipuru, Redenção, Rio Maria, Rondon do Pará, Salinópolis, Santa Bárbara do Pará, Santa Isabel do Pará, Santa Luzia do Pará, Santa Maria das Barreiras, Santa Maria do Pará, Santana do Araguaia, Santo Antônio do Tauá, Santarém Novo, São Caetano de Odivelas, São Domingos do Araguaia, São Domingos do Capim, São Félix do Xingu, São Francisco do Pará, São Geraldo do Araguaia, São João do Araguaia, São João da Ponta, São João de Pirabas, São Miguel do Guamá, Sapucaia, Tailândia, Terra Alta, Tomé-Açu, Tracuateua, Tucumã, Tucuruí, Ulianópolis, Vigia, Viseu e Xinguara);

2ª Região (Baixo Amazonas e Sudoeste): Alenquer, Almeirim, Altamira, Anapu, Aveiro, Belterra, Brasil Novo, Curuá, Faro, Itaituba, Jacareacanga, Juruti, Medicilândia, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Novo Progresso, Óbidos, Oriximiná, Pacajá, Placas, Porto de Moz, Prainha, Rurópolis, Santarém, Senador José Porfírio, Terra Santa, Trairão, Uruará e Vitória do Xingu;

3ª Região (Marajó): Afuá, Anajás, Bagre, Breves, Cachoeira do Arari, Chaves, Curralinho, Gurupá, Melgaço, Muaná, Ponta de Pedras, Portel, Salvaterra, Santa Cruz do Arari, São Sebastião da Boa Vista e Soure.

Texto: Ascom EGPA