Text_2

CPC Belém realiza o Círio de Nazaré

Fé e devoção marcaram o Círio do Centro de Perícias Científicas (CPC) Renato Chaves, realizado na manhã de ontem. Essa foi a 8ª edição da manifestação católica da instituição, que reuniu servidores e moradores das comunidades próximas ao CPC, que saíram em procissão nos arredores. O evento contou com a ilustre visita da imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, que faz parte da série de visitação do ídolo em órgãos públicos de Belém.

O Círio do CPC reuniu os devotos na sede da instituição, localizada na rodovia Transmangueirão, no bairro do Bengui. De lá, eles seguiram em cantos de louvor na procissão pelas ruas que circundam o órgão, em homenagem a padroeira da cidade. Durante o cortejo, a imagem parava em frente a residências, escolas e até para pedestres e ciclistas que desejavam receber a benção da santinha.

A procissão terminou na própria sede do CPC Renato Chaves, onde uma missa foi realizada no auditório Alfredo Machado, celebrada pelo padre Vanderson Jorge, da paróquia Nossa Senhora Rainha da Paz, do bairro do Bengui. A comunidade Coração Eucarístico de Jesus, paróquia do conjunto Catalina, também participou da manifestação de fé organizada pela instituição.

O momento mais esperado do evento foi a chegada da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, na sede do CPC Renato Chaves. Na unidade, ela foi conduzida por servidores aos vários setores, onde a maioria dos presentes no local, com os olhos marejados de emoção, queriam registrar o momento e tocar no manto que encobre o ídolo, em busca de bençãos.

Para o diretor geral do CPC, a visita da imagem à instituição serviu para agraciar o esforço de todos os servidores, que com empenho e dedicação prestam um bom serviço à comunidade. “Esse é o momento de fé de todos aqui presentes. A equipe do CPC presta um serviço com excelência a quem procura os serviços da instituição, então, nada melhor do que dividir esse momento com a comunidade”, declarou Edmilson Lobato Jr.

Fé e apoio social

Apesar do momento de fé, o Círio do CPC também teve seu viés social. A instituição fez a arrecadação de alimentos não perecíveis e dava em troca uma camisa personalizada do evento. Todo alimento arrecadado será doado às paróquias Nossa Senhora Rainha da Paz e Coração Eucarístico de Jesus, que doará às suas respectivas comunidades.