Text_2

CPCRC homenageia Servidoras no Dia Internacional da Mulher

No dia em que todas as mulheres foram homenageadas, alusivas ao Dia Internacional da Mulher, comemorado neste 8 de março, o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPCRC) promoveu, na manhã desta sexta-feira, uma programação especial às servidoras, realizada na sede da instituição, que fica na rodovia Transmangueirão, no bairro do Bengui, em Belém.

O evento teve o tema “É Sempre Tempo de Cuidar e Valorizar”, que apresentou palestras com temas de interesse do universo feminino com orientações médicas, jurídicas, além de atendimento in loco para servidoras do CPCRC de exames de glicemia, pressão arterial e o uso racional de medicamentos.

A programação foi iniciada com boas vindas do diretor geral do CPCRC, o perito criminal Celso Mascarenhas, às servidoras que compareceram em peso no evento. “Tenho certeza que todas as mulheres aqui presentes, são dignas na vida pessoal e como profissional. E, por isso, merecem ser homenageadas”, ressaltou o diretor geral.

Em seguida, a palestra “Por todo o Pará: Ações de Prevenção e Controle do Câncer do Colo do Útero, proferida pela psicóloga Patrícia Martins, coordenadora estadual de Atenção Oncológica, da Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa), enfatizou o alarmante número de mortes de mulheres relacionadas a esse problema. “São 300 mulheres mortas por ano. Apesar da urgência, é possível se prevenir para evitar essa doença”, destacou Patrícia Martins.

O evento também foi marcado por assuntos atuais, como a reforma da previdência, assunto constantemente pautado pela equipe econômica do atual presidente. Na palestra proferida pela técnica de servidoras da área de previdência do Igeprev, Renata Brandão, orientou em qual contexto os servidores públicos, sobretudo as mulheres, estão inseridos.

A programação também contou com o momento de descontração com o sorteio de brindes às servidoras do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, além de um café da manhã especial. “É importante a comemoração desse dia porque destaca o papel da mulher na sociedade e nas relações de trabalho”, concluiu a perita criminal Izabela Barretto.