Text_2

CPCRC participa de ação contra exploração sexual infantil no Marajó

Ações de combate à exploração e abuso sexual no Marajó foram o mote da operação deflagrada naquela região, por parte da Polícia Civil, no período de 2 a 5 de setembro. O Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves” (CPCRC), junto de outros órgãos, na pessoa do perito médico legista Hinton Barros, diretor do Instituto Médico Legal (IML), foi convidado para participar da ação.

O diretor do IML ficou lotado no município de Muaná, que faz parte do Marajó, durante todos os dias da operação foi de atender e realizar as perícias nas vítimas desse problema, que foram encontradas pelos agentes que estavam empenhados na ação.

A operação, que foi a maior de combate a exploração e abuso sexual já ocorrida na região marajoara, teve o apoio naquele município da rede de proteção a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, formada pela Polícia Civil, Ministério Público, Juizado da Criança e Juventude, Conselho Tutelar e Secretaria de Assistência e o executivo Municipal.